Buscar
  • Géssica Lopes

3 Dicas para vender mais pelos canais digitais.

Em um ano de pandemia o mercado mudou muito, empresas e empreendedores tiveram que se adaptar para sobreviver. O digital já era uma realidade antes da pandemia, mas este ambiente nunca foi tão necessário, afinal o isolamento imposto pela Covid-19 mudou o comportamento de compra e consumo dos usuários.


O brasileiro é muito reconhecido pela criatividade e espírito empreendedor, mas também é reconhecido pelo famoso “jeitinho brasileiro” que nada mais é do que arrumar um jeito para burlar a forma correta, ou a forma ideal de fazer as coisas.


No digital isso implica em menos trabalho para quem vende e mais trabalho para quem tem interesse em comprar.


Pensando nisso separei 3 dicas para quem não pode se dar ao luxo de perder clientes.



#1 Defina os canais de atendimento da sua empresa ou negócio e esteja disponível neles.


Se você definiu que é importante para sua empresa estar no Facebook, no Instagram, no WhatsApp e ter um formulário de mensagem no site, então esses são os canais de relacionamento da sua empresa. Isso significa que você até pode definir que pedidos devem ser feitos através de um canal específico, mas você precisa estar disponível lá para fazer o atendimento e direcionamento desses usuários que aparecerem.



#2 Coloque os preços nos anúncios e postagens. Nada de preço inbox.


Antes que alguém venha defender a divulgação do preço apenas por mensagem, informo que é proibido por lei, esconder ou dificultar a visualização de preços para o consumidor. Lei 13.543/2017.


Então, nada de preço inbox!


Além disso, transparência é bom e todo mundo gosta. Divulgue o preço dos produtos ou serviços e acrescente a informação de que pode haver taxas referentes a entrega, personalização ou deslocamento.


Quando você entrega o preço dos seus produtos, sua empresa otimiza o tempo de responder para pessoas que não vão comprar de você. Você ganha tempo para se dedicar a vendas em potencial e vai ter um perfil bem definido de engajamento.


Um perfil de engajamento bem definido significa que você poderá criar um público personalizado de pessoas que entraram em contato com a empresa e achar pessoas semelhantes a esse perfil e veicular anúncios mais assertivos em termos de público.


Ah, mas eu não faço anúncios!


Então opte pela transparência e respeito com o usuário. O tempo é um recurso limitado e precioso para todos. Respeite seu público. Use esse tempo para melhorar seus serviços, atender melhor a clientela, organizar o financeiro e uma série de coisas que um negócio pede (e sabemos que não são poucas).


#3 Crie ambientes amigáveis ao usuários e ofereça uma boa experiência de atendimento.


Tudo que mencionei acima diz respeito a experiência do usuário.

Se você se pergunta o que é experiência do usuário, eu respondo que é toda a percepção que o usuário tem quando está em contato com a marca, desde a visualização da identidade visual até o fim na jornada. Falaremos mais sobre isso por aqui.


Tudo que foi mencionado nos tópicos anteriores é experiência do usuário, mas chamo atenção para situações bem corriqueiras que dificultam o acesso ao contato e a informação.





O Instagram não aceita links, então porquê você insiste em pôr seu WhatsApp de uma forma que não é clicável na bio ou no post? E o link do seu site? Você espera mesmo que alguém que está com o celular na mão, anote um número, mude a tela do celular, digite, salve na agenda e chame você?


Faça a jornada do cliente, não na sua cabeça, faça a jornada mesmo! Pegue outro perfil, entre no perfil da sua empresa e teste a forma as opções de contato, se funciona, se os produtos estão expostos de forma clara, se é entendível.



Outra situação muito comum que acontece comigo, é a do exemplo acima. Por qual razão você anuncia um canal de atendimento, mas não pode completar o pedido por lá?


Ainda no exemplo acima, qual garantia essa empresa tem de que o cliente entrará em contato com o outro número? E mais, porque não enviar o contato ou um link para o usuário clicar e ser direcionado automaticamente para esse outro canal?


Facilitar a jornada, oferecer um ambiente amigável, prático e acessível é ser parceiro do seu cliente e inevitavelmente ser lembrado por ele 🖤.


Peça ajuda dos seus amigos mais críticos e avalie o que eles dirão. Lembre-se que não tem que ser fácil para nós, tem que ser fácil para o cliente e você não quer se dar ao luxo de perder venda, certo?!


Se ainda assim se sentir inseguro e quiser melhorar a experiência dos seus clientes, conte com profissionais especializados no assunto.


Gostou dessas dicas? Conta para aqui nos comentários ⬇.